Amor: Nem tudo está escrito nas Estrelas

Standard

 

Slide1

O filme “De Caso com o Acaso” (1998) nos conta duas versões da história de Helen, uma executiva (Gwyneth Paltrow) que foi demitida e corre para pegar o trem. Na primeira versão, ela consegue pegar o trem, chega mais cedo em casa, mas encontra o namorado (John Lynch) na cama com outra mulher. Na segunda versão, ela perde o trem, é assaltada, e chega em casa depois que a mulher já foi embora. No more spoiler😉

O filme “Certo Agora, Errado Antes” (2015, em cartaz em SP) também nos apresenta duas versões da história de Yoon (Min-hee Kim), uma aspirante à artista plástica que conhece um diretor de cinema (Ham, Jung Jae-young) e acabam passando o dia juntos. As diferenças residem em suas falas e como elas alteram o curso do relacionamento. Na primeira versão, Ham se oferece para carregar sua sacola, aproveita para dar uma espiada e Yoon não faz nenhum comentário. Na segunda versão, quando Ham dá uma espiada na sacola, Yoon pergunta o que ele está olhando. Esse é apenas um exemplo de modificação nos diálogos.

Diferente do determinismo que Peter Howitt nos apresenta em “De Caso com o Acaso”, Sang-soo Hong advoga pelo livre arbítrio no amor (Collin, 2015). “Certo Agora, Errado Antes” mostra o quanto nossa postura pode influenciar a percepção, a emoção, e o comportamento do outro. Para o diretor Hong, nem tudo está escrito nas estrelas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s